Domingo, 21 de Julho de 2024
22°

Parcialmente nublado

Salvador, BA

Entretenimento #Viva Salvador:

Mudei de Nome arrasta público com sucessos da música baiana em comemoração aos 474 anos de Salvador

O Festival da Cidade será finalizado neste domingo. No Farol da Barra, a partir das 19h40, o evento será fechado com um show de Ivete Sangalo, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Luedji Luna. A celebração será gratuita ao público.

02/04/2023 às 10h54
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom

Uma das atrações mais aguardadas para a comemoração do aniversário de Salvador, a tradicional Volta no Dique, realizada pelo movimento Mudei de Nome em parceria com a Prefeitura de Salvador, arrastou o público com sucessos da música baiana neste domingo (2). O evento integra a programação do Festival Viva Salvador, que celebra os 474 anos da capital baiana. 

O movimento responsável pela Volta no Dique é composto por Ricardo Chaves, Magary Lord, Ramon Cruz e Jonga Cunha. Os artistas comandaram a festa a bordo do “Pranchão” com um repertório de canções que evocam memórias afetivas do público e que marcaram a história da música baiana. 

O cantor e compositor Magary Lord não escondeu a felicidade de voltar ao Dique após uma pausa do evento durante a pandemia. “A gente está muito feliz por estar aqui, por voltar a fazer a Volta no Dique. É o sétimo ano aqui fazendo essa festa maravilhosa que, para mim, se torna ainda mais especial no mês do meu aniversário e, também, no bairro onde morei, no Engenho Velho de Brotas. É uma satisfação muito grande passar por aqui e encontrar todos meus amigos da infância e da velha guarda também”, contou. 

 “Como Lord disse, essa é uma das colaborações da gente com a Prefeitura de Salvador. O ‘Pranchão’ é uma criação nossa. Ele foi criado para esse evento especificamente, depois a gente levou para o Carnaval. Aqui é um dos lugares mais bonitos que temos em Salvador e a gente traz a energia das ruas, da festa e da alegria. Aqui tem uma coisa muito bacana, como Magary disse, no caso dele que morou aqui no Engenho Velho, que é o fato da comunidade ter abraçado isso aqui de uma forma muito legal. Isso aqui é o barato da volta no Dique”, acrescentou Ricardo Chaves. 

O cantor ainda lembrou que a Volta no Dique ocorre próximo à Arena Fonte Nova, onde neste domingo o Bahia, time do coração dele, disputa a final do Campeonato Baiano contra a Jacuipense. “Hoje, então, na porta de casa da Arena Fonte Nova. Magary no Engenho Velho e eu na Fonte Nova. Hoje é icônico, a final do campeonato de novo. Eu já vou ficar direto”, brincou. 

Na concentração, a servidora Viviane Melo, de 46 anos, veio de turma. “Com minha irmã e minhas primas. Minha cidade é linda demais. Senhor do Bonfim abençoa”, declarou. Já o biólogo Vinicius Melo, de 35 anos, natural de Barreiras, contou que está na capital desde terça “participando dos eventos culturais que a Prefeitura vem promovendo”. 

“As expectativas são as melhores possíveis, porque eu, como baiano, amo a Axé Music, também sou músico, gosto de cantar. Presenciar artistas como Magary Lord e Ricardo Chaves em um evento como esse, para mim, é muito satisfatório. Um prazer enorme”, vibrou ele, que veio de Barreiras para curtir a festa. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.