Dorzee Financeira
Música no Parque

Targino Gondim e Enok Virgulino no Música no Parque

Depois de gravar com Ivete Sangalo, forrozeiro toca no projeto que acontecerá no Parque Costa Azul no mesmo dia de Enok Virgulino

05/06/2019 16h43
Por: Redação
Fonte: Assessoria de Comunicação
Foto: Divulgação /Imprensa
Foto: Divulgação /Imprensa

Dono de Grammy Latino e Prêmio da Música BrasileiraTargino Gnodim estará no projeto junino do Música no Parque. O evento acontece no Parque Costa Azul, dia 8, a partir das 17 horas. O evento terá a abertura de Enok Virgulino. O evento chega logo depois do cantor gravar com Ivete Sangalo.

 

Em 2019, Gondim apresenta o projeto Sem Limites. Desta vez, a baiana Ivete Sangalo divide com o sanfoneiro a canção Culpa do meu Coração. Nesta temporada já foram gravadas musicas com Zeca Baleiro, Mariene de Castro, Bel Marques e Carlinhos Brown. Novas parcerias estão no radar do sanfoneiro a exemplo de Fagner, Gilberto Gil, Leonardo, Moraes Moreira, Xandy Aviões e Baiana System.

“Fico feliz em fazer parte deste projeto. Gosto muito de poder tocar em projetos como este que dão acessibilidade ao público. Espero contar com a presença de todos”, disse Gondim. O projeto é da Polo Cultural Marketing e Produções e tem o apoio da Bahiatursa.

 

São mais de 40 anos de forró. Enok Virgulino é reconhecido pelo seu talento e carisma, ao ponto de ter recebido de Dominguinhos o título de baluarte da sanfona. Enok, junto com seu trio, o Virgulino, lideraram todo o movimento do forró em meados da década de 90. Agora chegou a vez de um momento de carreira solo. Hoje Enok é considerado um dos principais sanfoneiros do Brasil.  

 

*Targino Gondim* - Dono de uma voz melosa e um jeito doce de tocar, poderia ser mais um nome no forró, mas fez diferente. Mesmo com a chancela de grandes nomes do ritmo, a exemplo de Gilberto Gil, Fagner, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Alceu Valença e Dominguinhos, o artista se reiventa a cada temporada. 

 

Nas suas apresentações pelo Brasil afora, o repertório conta com canções autorais a exemplo de clássicos como Esperando na Janela, Fingindo que não tá, Pra se aninhar e Dançe Forró mais eu e sucessos de Luiz Gonzaga e Dominguinhos e, claro, clássicos juninos.

 

Venceu o Grammy Latino 2001 (o Oscar da Música) com a canção de sua autoria Esperando na Janela, que também ganhou a voz de Gilberto Gil e deu ao artista espaço no longa brasileiro, “Eu, Tu, Eles”.  Em 2009 apresentou o projeto Canções de Luiz, trabalho que lhe rendeu o prêmio de Melhor Cantor no 21º Prêmio da Música Brasileira 2010 (antigo Prêmio Tim de Música).

 

Em 2015, lançou Canções Divinas incluindo música de sua autoria em homenagem ao Papa: "O Papa Francisco", recebendo uma carta de agradecimento do Pontífice. Em 2017, Targino seu 27 CD foi batizado de Amor Que Apaixona com destaque para Refugiados, outra de sua autoria com base na história de sofrimento dos refugiados da África e Oriente.

 

*O projeto* - Boa música no sábado a tarde, aberto ao público. Uma realização da Polo Cultural Marketing e Produções, este será o terceiro show em 2019. O projeto visa colaborar com a programação de verão da orla baiana, um dos grandes atrativos turísticos do Estado.  O projeto tem o patrocínio do Governo do Estado por meio da Bahiatursa.

 

Iniciado em 2002, o projeto Música no Parque se tornou uma ação cultural aguardada pelo público soteropolitano, que há dezesseis anos, sabe que vai encontrar artistas consagrados e boas surpresas nas tarde de sábado. Inovando em sua composição, sem perder sua principal característica, o projeto ocupa pelo segundo ano o Parque Costa Azul.

 

O Música no Parque surgiu em 2002 buscando criar um caminho que visava incentivar, promover e divulgar a música produzida na Bahia e no Brasil, em toda sua diversidade. O projeto se consolidou e até a última edição passou pelo seu palco nada menos que 175 artistas e grupos, de segmentos tão variados, que fez com que o Música no Parque se mantivesse como grande sucesso de público e de crítica em seus anos de realização.

 

*História* - O primeiro show do Música no Parque aconteceu no dia 04 de agosto de 2002, com apresentação da Orquestra Sinfônica da UFBA. A partir desta data, aos domingos, uma atração musical se apresentou dentro da programação do Projeto.

 

Dentre os vários artistas e grupos musicais que já passaram pelo palco do Parque da Cidade estão os cantores Riachão, Edil Pacheco, Alexandre Leão, Márcio Melo, Targino Gondim, Luiz Caldas, Lucas Santana, Chico César, Guilherme Arantes, Edson Cordeiro, Belchior, Otto, Eduardo Dussek, Moska, Xangai.

 

Também participaram do evento as cantoras Jussara Silveira, Lanlan, Mariene de Castro, Sylvia Patrícia, Rebeca Mata, Daniela Firpo, Márcia Short, Simone Sampaio, Lady Zu, Mart’nália, Vânia Abreu, Marcia Castro e as bandas Radiola, Diamba, Scambo, Adão Negro, Lampirônicos, Los Baganas, Cascadura, Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta, Retrofoguetes.

 

Nestes anos de realização, foram realizados mais de 170 shows, com uma plateia estimada em mais de 500 mil pessoas e programação aberta a todos os ritmos e estilos musicais. É essa variedade de estilos musicais, associada a uma proposta sociocultural, que garante o sucesso e a continuidade do Projeto Música no Parque.

 

Para conhecer a MÚSICA NO PARQUE:

http://www.facebook.com/musicanoparque/

https://www.instagram.com/musicanoparque/

 

 

Serviço
Temporada de São João do Música no Parque
Quando: 08 de junho (Sábado)
Atração: Targino Gondim
Abertura 
Enok Virgulino
Horário: a partir das 17 horas
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Adelaide Fernandes da Costa - Costa Azul
Aberto ao Público

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.