Sexta, 05 de Junho de 2020 11:53
71 30110606
Carnaval 2020 CARNAVAL SALVADOR

Após mudar sua decisão, Gilberto Gil aproveita quatro dias do Carnaval de Salvador

E assim, vestindo novamente a indumentária típica da fantasia dos Filhos de Gandhi, Gilberto Gil saúda, com solidariedade e sabedoria, essa potente manifestação cultural construída pelo povo brasileiro, especialmente pelo povo baiano. Uma devoção artística e espiritual que se espelha no seu próprio gênio criativo.

26/02/2020 09h05 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa. - Ulisses Dumas
Reprodução / Imprensa. - Ulisses Dumas

Em seu quarto dia de folia no Camarote Expresso 2222, Gilberto Gil, o anfitrião do espaço ao lado de Flora Gil, afirma que não consegue ficar longe do carnaval, reformulando uma recente declaração sua de que não iria mais participar da festa de Momo. “O contágio familiar é que acabou me fazendo mudar de ideia e vir tantas vezes. Eu tenho uma família muito ligada ao carnaval, então eu acabo ficando sujeito mesmo a esse contágio”, justifica o cânone da MPB.

Sobre sua relação direta com a folia, Gil volta a dizer que ele nunca foi muito carnavalesco. “Essa minha reticência com o carnaval vem de muito tempo. Eu não costumava ir pra rua, pra pular e tal. Aliás, minha participação na festa sempre se deu mais pela minha escolha pelo afoxé Filhos de Gandhi, por exemplo, por essa via mais da contemplação e da mensagem pacífica”, explica o músico, aos 77 anos.

E assim, vestindo novamente a indumentária típica da fantasia dos Filhos de Gandhi, Gilberto Gil saúda, com solidariedade e sabedoria, essa potente manifestação cultural construída pelo povo brasileiro, especialmente pelo povo baiano. Uma devoção artística e espiritual que se espelha no seu próprio gênio criativo.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.