"Na Medida"

Matheusinho lança álbum "Na Medida", com participações de Belo, Mumuzinho e Ferrugem

Matheusinho lança nesta sexta-feira seu primeiro álbum com a Sony Music. Com algumas músicas já lançadas, que comprovaram o status de nome em ascensão do pagode, o disco completo chega com 12 músicas, incluindo as participações especiais de Mumuzinho, Belo e Ferrugem.

14/02/2020 23h01
Por: Redação
Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa.
Reprodução / Imprensa.

Matheusinho lança nesta sexta-feira seu primeiro álbum com a Sony Music. Com algumas músicas já lançadas, que comprovaram o status de nome em ascensão do pagode, o disco completo chega com 12 músicas, incluindo as participações especiais de Mumuzinho, Belo e Ferrugem.

“Eu tô muito ansioso com o lançamento deste álbum porque creio que seja o sonho de todo mundo que pensa em viver da música. Sei que ainda tenho um caminho muito longo para percorrer, mas tenho profissionais sensacionais que trabalham comigo e sei que vai ser um passo muito grande que vou dar na minha carreira. Se Deus quiser o início de uma história linda na música”, compartilha Matheusinho.

O cantor segue a linha romântica durante cada faixa, falando de relacionamentos, amores e dores. Em “Lugar Lindo”, música do grupo Art Popular, os artistas cantam que todo o amor é possível se a outra pessoa quiser. Outra regravação no repertório é “Sem Perceber”, que conta com Belo, e fala de um amor não correspondido. Mumuzinho participa do pagode para cima, “Uma Só Mulher”, que fala de um relacionamento sério e da alegria de andar com a amada para o samba, boteco, de como os amigos também gostam dela.

“Com Mumuzinho, que é nossa música de trabalho no momento, apostamos em um samba mais para frente, mais alegre, até por conta do verão, o carnaval. Desde que conheci o trabalho do Mumu eu me apaixonei pelo som e, quando o conheci pessoalmente, me apaixonei ainda mais pela pessoa que ele é”, diz o artista. Mumuzinho também comenta como é participar e poder ajudar na carreira do amigo. “Eu conheci o trabalho do Matheusinho através do Ferrugem e logo me encantei pelo trabalho dele. Pela voz, pela potência, um garoto super do bem, muito talentoso”.

Confira:

Matheusinho chegou na Sony Music ano passado para enriquecer o gênero que consagrou alguns de seus ídolos e, agora, companheiros de casa. Ele, que também chega com o aval – e o apadrinhamento – de um dos grandes nomes da cena atual do pagode, Ferrugem, estreou o trabalho conjunto com a gravadora com o single e clipe “Minha Medida”, que já passa de 3.8 milhões de visualizações no YouTube. Nas rádios, a música alcançou o 3º lugar no Top 100 Brasil e nas plataformas de áudio streaming, figurou nas principais playlists do seguimento, incluindo “As 50 Virais” e “Pagodeira” do Spotify. Na sequência lançou, entre outras faixas, “Em Meu Lugar”, que já ultrapassou 1 milhão de views e 1.6 milhão de plays no Spotify, “Me Namora”, que já passou de 1.3 milhão de visualizações do clipe e mais de 1.1 milhão de execuções no Spotify, e a mais recente “Uma Só Mulher”, com participação de Mumuzinho.

Sobre:

 

Nascido em Niterói e criado da Baixada, em Mesquita, Matheusinho desenvolveu o gosto pela música em casa, junto com o pai, Vlademir, que, além de cantar, também toca violão, instrumento que aprendeu de forma autodidata, assim como aconteceria mais tarde com o filho. A exemplo de outros artistas, o desenvolvimento musical de Matheusinho se deu na igreja em que frequentava. Lá, como backing vocal, aprendeu a explorar a voz em todo o seu potencial.

Nessa época, Matheusinho começou a divulgar seus vídeos em redes sociais, que foram bem recebidos por seus seguidores. Alguns anos depois, decidiu tomar o rumo do ritmo que consagrou suas grandes inspirações - Raça Negra, Exaltasamba e outros medalhões do pagode. Matheusinho queria enveredar pelo gênero musical e acabou enxergando no convite de um amigo a oportunidade para dar esse passo. Assim, ele se tornou um dos vocalistas do grupo Vibe Positiva, atual Me Leva Pra Casa. Com eles, Matheusinho viveu sete meses de aprendizado e muitas histórias.

Só que o destino reservava algo ainda mais especial para o jovem cantor. Para mostrar seu trabalho, Matheusinho passou a marcar compositores nos vídeos que postava no Instagram, criando uma verdadeira rede de recepção e incentivo. Sua estreia na cena vem junto de um time de peso, formado pela Gold Produções e a Mto+ Entretenimento. O cantor chega na área também com o aval de uma turma de respeito do pagode, que inclui Sorriso Maroto, Dilsinho, Suel, Thiaguinho, Mumuzinho e Vitinho.

O nome artístico é, na verdade, um apelido carinhoso conquistado na infância: seu talento é inversamente proporcional ao apelido no diminutivo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.