Banda Olodum

Banda Olodum participa de mostra cultural gratuita neste sábado

O evento abordará temas relacionados à cultura e resistência e acontece no Instituto Dom de Educar, na Paralela

08/11/2019 13h22
Por: Redação
Fonte: Assessoria de imprensa
 Reprodução / Imprensa - Magali Moraes
Reprodução / Imprensa - Magali Moraes

Banda Olodum participa, neste sábado (09), da II Mostra Cultural gratuita promovida pelo Instituto Dom de Educar (Rede FTC), que vai abordar racismo e exploração do povo negro, processos ditatoriais na América Latina, preservação da Mata Atlântica e desastres ambientais. O evento, que tem como tema principal “Miscigenação Brasileira: Cultura, Resistência e Alegria”, marca, também, a celebração do Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro.

 

A Mostra faz parte do calendário acadêmico da Instituição e conta com a participação de estudantes do Ensino Fundamental e Médio. De acordo com a professora de geografia, Ana Kátia Oliveira, uma das responsáveis pela orientação do projeto, tem o objetivo de “fomentar a participação e o desenvolvimento dos estudantes nos quesitos educacionais, artísticos e sociais para conduzi-los a percepção e análise crítica acerca de suas ações no contexto em que vivem”, afirma ela.

 

Para o estudante de 2º ano, Samuel Miranda, participar ativamente da organização da Mostra ajuda a aprofundar conhecimentos importantes da história e possibilita a ruptura de diversos conceitos pré-estabelecidos relacionados a diferentes culturas. “Eu e minha turma iremos trabalhar a Miscigenação Musical Brasileira: Alegria e Resistência. Abordaremos o hip-hop. Essa experiência contribui para o meu desenvolvimento enquanto cidadão pois me faz refletir. Do cenário à apresentação cênica: tudo tem um sentido importante para que eu construa a habilidade de pensar com empatia”, diz ele.

 

O diretor do Instituto Dom de Educar (Rede FTC), Tony Lima, ressalta a importância do evento. “Projetos como esse desenvolvem nos estudantes o senso crítico e contribui para a formação de cidadãos conscientes do seu papel transformador junto à sociedade”, afirma o diretor.

 

Banda Olodum – Para marcar o evento a Banda Olodum realizará uma apresentação nas dependências do Instituto Dom de Educar (Rede FTC), a partir das 10h. De acordo com o produtor cultural e empresário artístico do Olodum, Jorginho Rodrigues, é importante para a banda fazer parte de iniciativas que contam a história do povo brasileiro. “Para nós é importante estar perto dos jovens, levando um pouco da história do Olodum e da nossa cultura, contribuindo dessa forma, para que eles conheçam algo que é patrimônio de todo povo baiano e que certamente contribui, através das nossas músicas e dos temas de carnaval, para a formação deles como cidadãos e na construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, relata o produtor.

 

A banda já percorreu países como França, Estados Unidos, Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, Suíça, Escócia, Noruega, Dinamarca, Inglaterra, Argentina, Espanha, Eslovênia, Canadá, Japão, Chile, Escócia, Cuba, Angola, Suécia, Senegal, Benin, Portugal, Irlanda, Irlanda do Norte, Turquia, Israel, Finlândia, México, Venezuela, Austrália, Guiana Francesa, Martinica, Coréia, Senegal, Guiana, Ilha da Reunião, Países de Gales, Uruguai, África do Sul e china para completar 40 países.

 

Já encantou artistas como Michael Jackson, Linton Kesey Johnson, Paul Simon, Julian Marley, Alpha Blondy, Ziggy Marley, The Platters, Gal Costa, Caetano Veloso, Xuxa, Ivete, Cidade Negra, Caetano, Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Elba Ramalho, Daniela Mercury e Carlinhos Brown. Conquistou títulos como de Torcida Oficial da Copa do Mundo e os percussionistas já estiveram em duas aberturas de jogos mundiais.

 

Serviço

II Mostra Cultural Instituto Dom de Educar (Rede FTC)

Quando: 09 de novembro(sábado)

 

Onde: FTC -Instituto Dom de Educar |
Endereço: Av. Luiz Viana Filho, 8812, Paralela
Horário: 8h às 12h

Entrada gratuita

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.