Domingo, 21 de Julho de 2024
23°

Parcialmente nublado

Salvador, BA

Cultura #Viva Salvador:

Fanfarras e balizas dão show de cores, movimentos e sonoridade no 2 de Julho

Show de cores – O desfile das fanfarras e balizas costuma agradar muito a população, que participa dos festejos do 2 de Julho. O aposentado José Augusto Bacelar, 65, faz questão de acompanhar o desfile todos os anos com familiares e gosta muito dessa passagem. “É um momento muito bonito e agradável”, disse.

02/07/2024 às 19h48
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom PMS
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom PMS
Remontando a passagem que o Exército Libertador fez pelas ruas da capital, após a vitória pela Independência da Bahia, as fanfarras também realizaram os seus desfiles pela Avenida Sete de Setembro, na tarde deste 2 de Julho, em direção ao Campo Grande. Durante o trajeto, o público pôde apreciar muita música, passos sincronizados, coreografias e muita beleza.  
 
Ao todo, 16 grupos se inscreveram junto à Fundação Gregório de Mattos (FGM) para participar do 2º Festival de Fanfarras e Balizas e concorrer a troféus nas categorias Melhor Fanfarra/Banda e Melhor Balizador. A premiação ocorrerá no dia 30 de julho.
 
A Banda Marcial Alexandrina Santos Pita (Masp) foi uma das 16 bandas, fanfarras e balizas que abrilhantaram o cortejo cívico. Representando a Escola Municipal Alexandrina Santos Pita, em Pirajá, a Masp levou 107 pessoas para as ruas do Centro esta tarde, a maioria adolescentes e jovens estudantes da instituição. O desfile começou na altura da Praça Castro Alves, seguiu em direção à Praça 2 de Julho (Campo Grande) e contou com uma parada de sete minutos em frente ao Instituto Geográfico e Histórico da Bahia.
 
Trazendo um estandarte da Escola, duas bandeiras expressivas: do Brasil e da Bahia, e outras com as cores da agremiação, os integrantes da Masp se revezaram entre os instrumentos e a evolução de círculo e com as bandeiras – uma novidade este ano para a banda, que já desfila há 27 anos.
 
“Este ano, nós introduzimos a evolução na fanfarra e a renovação musical. A evolução são os movimentos que fazemos, em círculo e com as bandeiras, que caracterizam as bandas-shows. Nos preparamos o ano todo para o repertório novo, estamos lançando fardamento novo e a expectativa é de 100% para que dê tudo certo. É um momento muito bacana e de orgulho para todos nós”, contou Emerson Brito, de 40 anos, maestro da banda.
 
O coreógrafo Fernando Santos, 17 anos, revelou que os preparativos acontecem desde meados de fevereiro. “Ensaiamos de segunda a sábado e às vezes também aos domingos. Hoje estamos aqui para fazer essa apresentação bonita para todos. Este é o meu quinto ano, eu estou muito alegre e ao mesmo tempo nervoso”, declarou.
 
O tema de desfile da Masp este ano está sendo “O Show da Masp Brasil em Cores”, em referência ao novo fardamento de cores diversas que o grupo recebeu para desfilar.
 
Ao todo, oito escolas representam a rede municipal de ensino de Salvador no desfile das fanfarras do 2 de Julho. As Escolas Municipais Barbosa Romero, Manoel Henrique Barradas, Teodoro Sampaio e Helena Magalhães realizaram o cortejo pela manhã e as Escolas Municipais Alexandrina Santos Pita, Fazenda Coutos e da Palestina desfilaram à tarde.
 
Show de cores – O desfile das fanfarras e balizas costuma agradar muito a população, que participa dos festejos do 2 de Julho. O aposentado José Augusto Bacelar, 65, faz questão de acompanhar o desfile todos os anos com familiares e gosta muito dessa passagem. “É um momento muito bonito e agradável”, disse.
 
A técnica de enfermagem Dulcineia Pereira diz se lembrar da infância ao participar do cortejo. “Eu fui criada com os ensinamentos da cultura do nosso país e procuro dar continuidade a essa tradição, trazendo as minhas filhas para acompanhar a nossa história e cultura, que é algo importante para as nossas vidas”, pontuou. 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.