Domingo, 21 de Julho de 2024
23°

Parcialmente nublado

Salvador, BA

Esportes #Viva Salvador:

Academia Salvador completa uma semana com alta procura pelos cidadãos

Como participar – Para participar das aulas da Academia Salvador, os interessados deverão realizar o agendamento através do aplicativo MUDE, disponível gratuitamente na App Store e Play Store. As aulas, com duração de 50 minutos, têm capacidade pré-estabelecida de alunos.

28/06/2024 às 21h39
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. -Jefferson Peixoto/Secom PMS
Reprodução / Imprensa. -Jefferson Peixoto/Secom PMS
Inaugurada no último sábado (22) pela Prefeitura no Dique do Tororó, a Academia Salvador, primeiro equipamento do tipo ao ar livre e gratuito da cidade, tem sido bem avaliada pelos soteropolitanos. Equipada com aparelhos de musculação e dispondo da orientação de profissionais qualificados, inclusive nutricionista, a primeira academia ao ar livre da capital funciona de segunda a sábado, em horários programados e mediante agendamento dos praticantes.
 
O coordenador de Esportes da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) e responsável técnico do projeto, Rafael Seara, avalia a primeira semana do espaço como bastante positiva. “Tanto as aulas coletivas quanto as aulas de musculação estão com uma procura acima de 80% em média. Algumas estão com check-in lotados e outras chegando até a 90%. As aulas de ritmos, de funcional, muay thai e boxe estão com muita procura, e isso é muito bom”, revela.
 
Seara lembra que o diferencial do espaço é ter o professor ao lado do usuário para passar uma orientação perfeita, correta e ter os frutos que a atividade com peso promove, que é ganho de massa, perda de gordura, melhora da autoestima e da autonomia. “O nosso público é formado em 60% por idosos, e a partir dos 40 anos o ser humano tem uma perda de massa muscular, então o trabalho neuromuscular é importante”, pontua.
 
“Tenho percebido a satisfação total. Muitos pensavam que nunca teriam oportunidade de fazer uma academia, não sabiam se seria algo frequente, então estamos desmistificando isso. Temos aula cheia, a comunidade está abraçando o projeto como tem que ser”, completa Seara. O gestor ainda ressalta que o modelo da academia, funcionando de domingo a domingo, é pioneiro no Brasil – em outras cidades do país, o funcionamento é de segunda a sábado.
 
O professor Claudson Castro, de 42 anos, é um dos profissionais da Academia no Dique e falou da satisfação em ver a grande procura. “Os alunos estão vindo, gostando do projeto e estão abraçando. Praticamente todos os dias temos lotação máxima. São 50 minutos de aula com capacidade para 30 alunos, damos as instruções, preparamos os treinos, como fazer da forma correta”, declara.
 
Para Castro, isso é muito importante, pois muitas pessoas não têm como pagar academia. “Tendo essa aqui, bem estruturada, os cidadãos vêm, saem do sedentarismo e cuidam da saúde, ajudando a reduzir o índice de doenças para, futuramente, ter mais qualidade de vida”, aponta.
 
Professora de ioga há dois anos, Paula Bezerra também atua na recepção dos alunos à área de musculação. Para ela, o mais importante da aula coletiva é a acessibilidade. “Ioga é uma modalidade que geralmente para praticar é caro, então o fato de ter aqui de forma gratuita permite que todos tenham acesso à prática, que traz relaxamento, flexibilidade, ajuda na mobilidade do corpo e também trabalha a mente, através da paciência, equilíbrio, então são vários benefícios. Faço toda uma preparação com música, incenso, todo um contexto envolvido para ajudar na concentração e relaxamento. Tem sido maravilhoso, um desafio incrível”.
 
Benefícios – O aposentado Clóvis Alves Sales, de 68 anos, mora no Cabula e há mais de 20 anos faz atividade no Dique do Tororó. “Achei ótimo, hoje é o meu primeiro dia. Tenho artrose dos dois joelhos e o instrutor está me ajudando da forma correta. Estive no médico há dois meses e ele me recomendou a musculação para fortalecer as pernas. Já vou voltar no retorno e falar: estou fitness”, relata.
 
Moradora do Tororó, a estudante Raissa Costa, de 21 anos, caminhava esporadicamente no Dique antes da instalação da academia e celebra a presença de um profissional para orientar os alunos sobre como fazer os exercícios corretamente. Ela ainda elogia o aplicativo para marcação das aulas.
 
“Agora eu estou vindo direto, desde terça-feira. Gostei do aplicativo, ele é bem desenvolvido, não trava, fácil de mexer e quando a pessoa marca de vir e não vem, bloqueia dois dias. Isso conscientiza a população que tem que marcar e vir, até por conta da saúde mesmo. E ainda é de domingo a domingo, isso é ótimo”, diz.
 
Locais – A Prefeitura planeja entregar 20 unidades semelhantes até o final de 2024, incentivando a prática de atividade física e o combate ao sedentarismo. Dentre as localidades contempladas estão Imbuí, Amaralina, São Tomé de Paripe, Vale das Pedrinhas, Ribeira, Itapuã, Cajazeiras X (Pronaica), Periperi (Praça da Revolução), Centenário (entrada do Calabar) e o conjunto Mané Dendê, no Subúrbio.
 
As atividades serão ministradas por um profissional e um assistente estagiário em Educação Física. Cada horário terá 30 pessoas para musculação e 15 pessoas para as atividades coletivas com exceção para o aulão de ritmos aos sábados, com 30 pessoas. São 18 máquinas em inox, halteres de um 1kg a 18kg, estofado naval para maior resistência ao clima e articuladas, favorecendo bastante o idoso.
 
Como participar – Para participar das aulas da Academia Salvador, os interessados deverão realizar o agendamento através do aplicativo MUDE, disponível gratuitamente na App Store e Play Store. As aulas, com duração de 50 minutos, têm capacidade pré-estabelecida de alunos.
 
A idade mínima para participar das aulas de musculação é de 15 anos. Os menores de 18 anos, além de se inscrever no aplicativo, também devem se inscrever presencialmente na Academia Salvador, acompanhado de um responsável – ambos devem apresentar um documento de identificação com foto. No caso dos maiores de 60 anos, é necessário apresentar atestado específico para a prática de exercícios de musculação.
 
No turno da manhã, é possível agendar o treino de segunda a sexta-feira, de 5h30 a 8h30, e nos turnos da tarde e da noite, das 17h às 20h. Aos sábados, as aulas estão disponíveis das 6h às 9h, e aos domingos, das 6h às 8h. Cada aluno pode agendar, no máximo, duas aulas por dia, desde que sejam de modalidades diferentes, e devem apresentar documento com foto para acesso ao espaço. A medida visa possibilitar que um número amplo de pessoas possa participar.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.