Sexta, 21 de Junho de 2024
27°

Tempo limpo

Salvador, BA

Música Música:

Samuel Rosa lança o single "Segue o Jogo" e inaugura uma nova fase da carreira

A canção faz parte do repertório do primeiro disco solo do cantor e compositor

08/06/2024 às 10h46
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa.
Reprodução / Imprensa.

Primeiro single do aguardado disco solo de Samuel Rosa, ‘Segue o Jogo’ chega dia 07 de junho em todas as plataformas digitais. A canção, com letra e música de Samuel, é uma das dez faixas do álbum “Rosa”, que marca a estreia de uma nova fase na carreira do músico após o fim do Skank, em 2023, depois de mais de 30 anos de estrada. Agora, Samuel celebra o início dessa jornada, feliz por estar ao lado de sua nova banda e por seguir com ela em nova turnê pelo Brasil a partir do segundo semestre deste ano.

Segue o Jogo’ revela como o cancioneiro de Samuel Rosa extrapolou a condição de coleção de hits atemporais e se tornou uma marca, uma grife. Não é qualquer autor que conquista esse reconhecimento. É para seleto grupo de compositores – e isso no âmbito nacional e internacional.

A introdução da música já mostra uma familiaridade na audição que se confirma segundos depois com a voz e o estilo de compor muito próprio de Samuel. Bingo, só podia ser ele!  

A música fala sobre temas que entram na seara das relações e é fundamentalmente sobre relações que trata o disco “Rosa”, em todas suas vertentes.

Mas ‘Segue o Jogo’ não é aquele tipo de ‘canção para cortar os pulsos’ à la Tom Waits. Pelo contrário: existe a plena consciência de que as coisas não deram certo, a relação chegou ao fim e tudo bem. Cada um segue sua vida, sabendo que o que fica é a lembrança de um amor que foi bom enquanto durou. “Você pra um lado/Eu pro outro/Tá tudo certo/Segue o jogo”, canta Samuel no refrão, que transmite aquela sensação de déjà-vu de sucesso infalível.

“Eu não fiz a canção especificamente para algum caso. Fiz para coisas que vivi. E vejo nesses rompimentos o quanto de culpa que carregam as pessoas. As pessoas que saem de uma relação sentem culpa e as que ficam, também”, pondera Samuel.

Ele queria falar sobre esse fim, mas não de uma maneira dura. “Acho que amor é isso: começa, mas tem uma hora para acabar. Eu não quis uma coisa muito densa, é quase que brincalhona para exatamente exorcizar essa culpa, essa condenação.”

A melodia de ‘Segue o Jogo’ contribui para a leveza dessa narrativa sobre um momento doloroso, porém inevitável, meio Erasmo Carlos, meio Jorge Ben Jor – influências que ecoam na música de Samuel. Nessa faixa, ele retoma o acorde de sétima maior, que dá à canção um tom de alegria, um recurso usado por ele desde a época do Skank. Por isso, ‘Segue o Jogo’ estabelece uma tênue ligação com o hit ‘Balada do Amor Inabalável’, do álbum icônico ‘Maquinarama’ (2000), do Skank.

“O Skank foi uma das primeiras bandas do pop-rock brasileiro a insistir no acorde com sétima maior, hoje muito usado pela turma que redescobre agora a MPB, em ‘Balada do Amor Inabalável’, que foi uma música que estourou. Ela é toda com esse acorde, por isso que parece bossa nova. Então, ‘Segue o Jogo’ tem um pouco de ‘Balada do Amor Inabalável’ na levada”, ressalta o músico. Já a sonoridade recriada pela bateria mais eletrônica, a cargo de Marcelo Dai, inevitavelmente remete ao delicioso clima de ‘Cosmotron’, disco disruptivo do Skank (2003).

Samuel Rosa resgata também o recurso da harmonia vocal presente em ‘Cosmotron’. E essa harmonia, que surge sutilmente nos backing vocals de Samuel e dos integrantes de sua nova banda, Marcelo Dai, Pedro Kremer, Doca Rolim e Alexandre Mourão, ajuda a reforçar essa atmosfera ‘despressurizada’ de ‘Segue o Jogo’.

 

                 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.