Quarta, 24 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Salvador, BA

Agenda Cultural Agenda Cultural:

Escritor Paulo Tavares realiza lançamento literário duplo no Goethe-Institut Salvador

Com entrada gratuita, o evento acontecerá no dia 4 de junho, às 18h

31/05/2024 às 17h47
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Gabriel Ribeiro
Reprodução / Imprensa. - Gabriel Ribeiro

 O Goethe-Institut Salvador-Bahia será palco do lançamento dos livros do escritor Paulo Tavares, "Des-Habitat" e "Lúcio Costa era racista?", no dia 4 de junho, terça-feira, às 18h. Ambas as obras desafiam as narrativas estabelecidas na arquitetura e no urbanismo modernos.

"Esses livros são convites para repensar e questionar as estruturas que moldam nossos espaços urbanos e históricos. 'Des-Habitat' e 'Lúcio Costa era racista?' procuram desvelar as camadas ocultas de narrativas que muitas vezes aceitamos sem questionar.", explica Paulo Tavares.

Além do lançamento literário, o evento, que é aberto ao público, contará com uma roda de conversa sobre arquitetura, história e sociedade com o arquiteto e escritor Paulo Tavares. Participarão do debate a arquiteta e pesquisadora Gabriela Leandro Pereira, da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA), e o pedagogo, pesquisador e curador José Eduardo Ferreira Santos.

Paulo Tavares é reconhecido por sua abordagem interdisciplinar que atravessa arquitetura, direitos humanos e culturas visuais. Com obras apresentadas em renomadas plataformas internacionais, como a Bienal de Veneza e a Bienal de Arte de São Paulo.

 

Livros

"Des-Habitat" revisita a revista Habitat, editada por Lina Bo Bardi nos anos 1950, que se destacava por uma curiosa mescla de modernismo e expressões culturais vernaculares. O livro de Tavares investiga como essa publicação encenava tais imagens e objetos, utilizando-se de design gráfico para questionar seus contextos originais.

Por outro lado, "Lúcio Costa era racista?" é um ensaio provocativo que examina as fundações raciais e coloniais da arquitetura moderna no Brasil através das teorias de Lúcio Costa, questionando a intersecção entre racismo e espacialidade nos planos urbanos e na historiografia arquitetônica brasileira.

 

Evento: Modernidades Coloniais: lançamento duplo: "Des-Habitat" e "Lúcio Costa era racista?", de Paulo Tavares 

Data: 04/06/2024, às 18h

Local:  Goethe-Institut Salvador-Bahia (Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória)

Entrada: Gratuita

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.