Sexta, 19 de Julho de 2024
24°

Tempo limpo

Salvador, BA

Trânsito Maio Amarelo:

Mega blitz aborda 115 motociclistas e notifica 67 em operação conjunta

A atuação da Transalvador busca reduzir o número de mortos e sequelados no trânsito, dado que cresceu no ano passado, na contramão da redução verificada para sinistros com pedestres e carros. Das 113 vidas perdidas em 2023, mais da metade – ou seja, 63 vítimas – foram em razão de acidentes de moto.

28/05/2024 às 11h32
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Lucas Moura/Secom PMS
Reprodução / Imprensa. - Lucas Moura/Secom PMS
Uma mega blitz foi deflagrada pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM-BA), na tarde desta quinta-feira (23), no Acesso Norte, saída da cidade, sentido Feira de Santana, sendo finalizada com 115 abordagens a motociclistas e 67 notificações. Foram também removidas ao pátio 24 motos por irregularidades.
 
As principais infrações encontradas foram transitar sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), débito de licenciamento, mau estado de conservação dos pneus, ausência de placa, falta de equipamentos obrigatórios de proteção e condução de carga perigosa (gás). A operação foi direcionada prioritariamente a motociclistas, para sanar irregularidades e evitar sinistros. A iniciativa integra a campanha Maio Amarelo, para conscientização das pessoas sobre segurança viária.
 
Nas abordagens, os agentes de trânsito também entregaram folders educativos. Além disso, mensagens de paz no trânsito e redução de velocidade foram expostas em cavaletes ao longo da via. “Ações como essas ajudam a salvar vidas, porque educam e retiram das ruas condutores que põem em risco a sua própria vida e dos demais”, disse o superintendente da Transalvador, Décio Martins.
 
A atuação da Transalvador busca reduzir o número de mortos e sequelados no trânsito, dado que cresceu no ano passado, na contramão da redução verificada para sinistros com pedestres e carros. Das 113 vidas perdidas em 2023, mais da metade – ou seja, 63 vítimas – foram em razão de acidentes de moto.
 
Motociclistas – Mesmo que as vítimas fatais venham caindo no cômputo geral, em Salvador uma preocupação à parte tem sido justamente os acidentes com motociclistas. “Sabemos que, a cada dia mais, a motocicleta é também um instrumento de trabalho. Então, vamos reforçar a fiscalização, fazendo blitzes conjuntas com a PRF e a PM, e intensificar as ações educativas”, afirmou Martins.
 
Dados – Lançado pela Transalvador, o Relatório Preliminar de Vítimas Fatais de 2023 aponta redução de 13% no número de óbitos por acidentes de trânsito entre 2020, quando foram registradas 130 ocorrências, e 2023, quando 113 pessoas morreram. De 2011 a 2020, a Transalvador atingiu a meta estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) de reduzir em 50% as mortes por acidentes de trânsito. Na década atual, de 2021 a 2030, a tendência é a mesma.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.