Quarta, 24 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Salvador, BA

Minha Salvador #Viva Salvador:

Evento em Salvador discute mudanças climáticas e cidades sustentáveis

Soluções – O evento também contou com a apresentação das cinco startups selecionadas para receber recursos da Prefeitura para aceleração das soluções, visando a redução de gases do efeito estufa. São elas a Green Tech Inovation, a Deep Ambiente, a Constellation, a TRL9 Lab e a Ecoloy.

03/05/2024 às 01h38
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom PMS
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto/Secom PMS
A Prefeitura de Salvador, em parceria com o Senai Cimatec, realizou na segunda-feira (29) o evento Cidades Sustentáveis, que abre oficialmente a Chamada Cidade Zero Carbono 2024 e promove discussões importantes sobre as mudanças climáticas. Na ocasião, foi realizada imersão e conexão entre especialistas, startups, atores e tecnologias que contribuem para uma cidade mais sustentável, através de práticas da economia circular, descarbonização e de uma preocupação com as áreas ambiental, social e de governança das empresas (práticas ESG).
Titular da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Resiliência, Bem-estar e Proteção Animal (Secis), Ivan Euler participou da mesa-redonda sobre Cidades Sustentáveis, ao lado do cientista e climatologista brasileiro, Carlos Nobre; do gerente de meio ambiente e licenciamento do Senai Cimatec, Pedro Pozzi e do professor titular de robótica do Senai Cimatec, Herman Augusto Lepikson.
Euler destacou algumas das ações para a redução das emissões de gases do efeito estufa que estão sendo realizados na capital baiana. Dentre elas estão os plantios promovidos pela Secis em vários pontos de Salvador; a criação de novos parques terrestres e marinho, além de iniciativas de outras secretarias, a exemplo do BRT e da aquisição de ônibus elétricos ou menos poluentes.
“Temos diversos plantios ocorrendo na cidade neste período de chuva, inclusive com a novidade de convidar a população para indicar locais e plantar conosco, este ano. Também estamos planejando entregar novos parques para a população, em bairros como Canabrava, Ipitanga e Mata Escura, além de um parque marinho na Cidade Baixa. Salvador tem a meta de se transformar em uma cidade zero carbono em 2049, quando a cidade faz 500 anos. Então essa iniciativa, juntamente com o Senai Cimatec, é uma das ações planejadas para o alcance dessa meta, incentivando o desenvolvimento de soluções que promovam a redução de gases do efeito estufa”, contou.
O cientista Carlos Nobre, que também realizou uma palestra de abertura sobre Mudanças Climáticas e Cidades Sustentáveis, ressaltou que a emissão de gases de efeito estufa nas cidades, na maioria dos casos, vem da queima de combustíveis fósseis, e também traz impacto negativo para a saúde humana. Em relação a Salvador, ele citou como outro fator de emissão os resíduos.
“É preciso implementar infraestruturas que possam processar os resíduos para não ter essas emissões. Além disso, é muito importante que as cidades comecem a ter políticas para diminuir esses riscos por meio da restauração urbana verde, restaurar muitas áreas verdes e florestas. Com isso, é possível diminuir esse efeito de supercalor das cidades e melhorar o clima”, opinou Nobre.
Para André Oliveira, superintendente executivo de planejamento e novos negócios do Cimatec, uma das discussões mais importantes é sobre como trazer mais empreendedores e mais pessoas engajadas para os desafios que os diversos setores trazem. “Cada um dos nossos campos busca cada vez mais se posicionar e se conectar com a sociedade. Para isso, é fundamental estabelecer parcerias, parcerias institucionais, com empresas, com a comunidade e com as startups, que também queiram estar conosco para a gente ir para cima desses desafios e resolvê-los. Gostaria também de lembrar que o evento Cidade Sustentável tem um grande foco de apresentar projetos, mostrar eles para a sociedade e a partir disso entregar valor”, opinou.
Soluções – O evento também contou com a apresentação das cinco startups selecionadas para receber recursos da Prefeitura para aceleração das soluções, visando a redução de gases do efeito estufa. São elas a Green Tech Inovation, a Deep Ambiente, a Constellation, a TRL9 Lab e a Ecoloy.
 A Prefeitura apoiará financeiramente os projetos selecionados, por meio da concessão de bolsas de pesquisa para a realização do co-desenvolvimento e prova de conceito de propostas apresentadas pelas startups de base tecnológica e instituições demandantes, atendendo aos compromissos assumidos com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia.
Programa – A Chamada Cidade Zero Carbono é um programa da Prefeitura de Salvador, em parceria com o Senai Cimatec, que busca co-desenvolver negócios e soluções inovadoras, através da criação de conexões entre desafios de indústrias de médio e grande porte e soluções inovadoras trazidas por startups e empresas de base tecnológica que promovam a competitividade e sustentabilidade dos setores produtivos baseando-se em uma economia de baixas emissões de carbono, até alcançar a neutralidade.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.