Quarta, 24 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Salvador, BA

Carnaval Carnaval 2024:

Ambulantes aprovam trabalho de ordenamento da Semop durante o Carnaval de Salvador

O coordenador e fiscal da Semop Ivanei Pereira, que atua no posto montado no Shopping Barra, destacou que o trabalho prestado pelos agentes da secretaria busca sempre atender os ambulantes de maneira humanizada, procurando alertá-los e melhor orientá-los antes e durante a folia. Um exemplo disso, segundo o profissional, foi a aceitação da categoria com a nova 'passarela' montada na Barra.

18/02/2024 às 04h40
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto / Secom PMS
Reprodução / Imprensa. - Jefferson Peixoto / Secom PMS

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), órgão responsável pelo cadastramento dos vendedores ambulantes no Carnaval de Salvador, segue atuando para melhor atender os trabalhadores nesta terça-feira (13), último dia da folia momesca. Durante os seis dias da festa, a pasta manteve postos instalados pelos circuitos para fiscalizar e preservar o direito de cada vendedor.

A ambulante Dália Marina, de 57 anos, que vende bebidas no Carnaval de Salvador há três edições da festa, parabenizou a atuação dos profissionais da Ordem Pública na folia momesca. "Esse trabalho é muito importante, porque senão vira bagunça", destacou.

Conforme a vendedora ambulante, colegas de trabalho que "não seguem as regras" acabam atrapalhando. "Nós passamos por alguns processos para obedecer as regras e trabalhar de maneira legal. O que eu mais reclamo aqui é que tem uma minoria que não aceita as regras, bagunça muito e acaba dificultando o nosso trabalho”, disse.

“Alguns ambulantes não têm senso coletivo, acham que o trabalho é sempre uma disputa. Se não fosse pela organização da Semop, ficaria impossível fazer nosso dinheiro aqui. Antes e durante o Carnaval nós somos orientados pela secretaria e isso ajuda bastante", completou a ambulante.

O coordenador e fiscal da Semop Ivanei Pereira, que atua no posto montado no Shopping Barra, destacou que o trabalho prestado pelos agentes da secretaria busca sempre atender os ambulantes de maneira humanizada, procurando alertá-los e melhor orientá-los antes e durante a folia. Um exemplo disso, segundo o profissional, foi a aceitação da categoria com a nova 'passarela' montada na Barra.

"Com a plataforma, os ambulantes trabalham protegidos. Eles perceberam que a medida não teve caráter punitivo, muito pelo contrário, no equipamento eles ficaram mais resguardados e desempenharam suas atividades longe do ‘empurra empurra’ e separados de onde passa o trio e todos os foliões", destacou o fiscal.

Ivanei conta que o posto montado na Barra funciona 24 horas e em dois turnos. "Além disso, cinco postos avançados estão instalados no circuito Barra/Ondina. Nós trabalhamos fazendo todo o patrulhamento entre o Cristo até o Barra", acrescentou.

Para este ano, a Semop contabilizou 4,1 mil ambulantes licenciados para atuar no Carnaval de Salvador. No fim do ano passado, a pasta se reuniu com representantes dos ambulantes cadastrados para tratar sobre as normativas do evento.

O encontro visou discutir ajustes e garantir o estrito cumprimento da lei, contribuindo para a excelência da maior festa popular de rua do planeta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.